Kit Arduino Iniciante – Projeto 3 – Usando Potenciômetro no Arduino

Venancio Miranda 0

Neste post vamos explicar o que é e como podemos usar potenciômetros em nossos projetos no Arduino. Em algum momento, você vai precisar fazer que tenha algum ajuste, alguma regulagem. Um exemplo, é caso você esteja usando o Arduino para acionar um motor, ou algum outro equipamento por PWM por exemplo.

Conheça os tópicos deste post:

O que é um potenciômetro?

O potenciômetro é um componente muito usado na eletrônica, principalmente para fazermos ajustes, um exemplo muito comum, é quando você vai ajustar o volume do seu aparelho de som, ou ajustar a velocidade do seu ventilador.

Existem vários modelos diferente de potenciômetros, mas a construção deles é a mesma. Na imagem a baixo, podemos ver como funciona a construção do potenciômetro. Entre os pinos 1 e 3 é uma resistência com valor fixo, já o pino 2, é um cursor que desliza sobre a resistência fixa, desta forma tem uma valor variável.

Nesta foto, vemos o mesmo potenciômetro mostrado na ilustração acima, em destaque, podemos ver que existe a marcação B10K sobre ele, está marcação define o valor da resistência fixa, e a letra define a forma como, ao mover a haste potenciômetro, como irá alterar o valor da resistência móvel.

Veja o que as letras te informam:

Letra A – Potenciômetro logarítmico: Neste modelo de potenciômetro a resistência no pino 2 se alterara de Forma Exponencial, conforme o gráfico a baixo.

Este modelo de potenciômetro é muito aplicado em projetos na linha de áudio, exemplo de regulagem de volume ou quando precisa que a alteração do que você estiver ajustando com o potenciômetro seja muito perceptível.

Letra B – Potenciômetro Linear:

Neste modelo de potenciômetro a resistência no pino 2 se alterara de maneira Continua, se alterando num valor crescente a medida que deslocamos o potenciômetro.

Este modelo é o mais utilizado na maioria dos projetos.

Usando junto ao Arduino

Para usarmos o potenciômetro junto ao Arduino, precisamos ligar o Pino 2 ligado em alguma Porta Analógica da nossa placa, que normalmente são identificados como A0 até A5. Os pinos 1 e 3 devem ser ligados um ao 5V e outro ao pino GND.


As Portas Analógicas do Arduino não vai ler o valor da resistência, e sim o valor de Tensão.

Para isso ligo o Pino 1 no GND e o Pino 3 no 5V, desta forma o potenciômetro vai funcionar como um divisor de tensão, e conforme for variando sua resistência, conforme você desloque o resistor, o valor de tensão no pino 2, irá se alterar de 0 a 5V. Está variação é o que será lido no pino A0.

Em nosso programa definimos o pino usado como Entrada (INPUT), e vamos ler o pino com a função analogRead, está função mede a tensão no valor de 0 a 5 volts, retornando ao programa um valor entre 0 e 1023, proporcional ao valor lido.

Vamos ver na pratica!!!

Programa a baixo, vai ter a finalidade, de você observar na pratica tudo que foi apresentando pra você até agora. Você vai conseguir, ver isso acontecendo através do monitor serial do programa do seu Arduino. para isso, use os seguintes passos:

Clique em Ferramentas e na sequencia procure pela opção Monitor Serial.

#define potenciometro A0

int valorLido = 0;

void setup() 
{
  pinMode(potenciometro,INPUT);
  Serial.begin(9600);
}

void loop()
{
  valorLido = analogRead(potenciometro);
  Serial.print("O valor atual lido no Potenciometro é de ");
  Serial.println(valorLido);
  delay(1000);
}

Acompanhe o Resultado:

Potenciômetro como ajuste de PWM

Como o prometido, que tal vermos agora como usarmos o potenciômetro para ajustar o brilho de um LED através de modo PWM. Caso ainda não conheça sobre o que é e como usar o modulo PWM, em seu Arduino, leia mais neste no post sobre este tema neste link.

Neste projeto vamos usar o pino 3 da placa Arduino Uno, lembrando que as saídas que são possíveis usar como PWM, estão indicadas na placa, ao lado do numero equivalente a saída, com o símbolo de Til (~). A saída PWM usa valor de 0 a 256 para modular a largura de pulso, então para conseguir usar o valor lido pelo no potenciômetro precisamos dividir este valor por 4. Acompanhe o Código a Baixo:

#define potenciometro A0
#define led 3

int valorLido = 0;

void setup() 
{
  pinMode(potenciometro,INPUT);
  pinMode(led, OUTPUT);
}

void loop()
{
  valorLido = analogRead(potenciometro);
  analogWrite(led, valorLido/4);
}

E o resultado é este:


Você pode usar este exemplo para comandar além de LEDs, motores, fazer ajuste de tensão, entre tantas outras possibilidades. Importante lembrar que as portas do Arduino, tem baixo fornecimento de corrente, ou seja, se você for usar este projeto por exemplo para controlar um motor, você vai precisar fazer isso com a ajuda de um transistor ou outro componente que sirva como um “Driver de corrente”.

Espero que tenha conseguido lhe deixar sem duvidas, mas se precisar de alguma informação auxiliar, deixe no comentários que iremos te ajudar.

Escrito por: Venâncio Miranda
Revisado por: Jefferson Proesi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1  +  9  =