Ventilador ficou lento, e agora?

     0

Verão chegando, temperaturas subindo, hora de ligar os ventiladores novamente!

 

E se como eu, você ligou o ventilador e ele estava fazendo pouco vento ou nem se movimentava fazendo barulho “ronco”, não se preocupe, bem provável que o problema seja o capacitor de partida. Você pode encontrar este mesmo problema em “vários” equipamentos que usam motor.
Por exemplo motores de portão eletrônico, aspirador de pó, ar condicionado, maquina de lavar, ventiladores de teto ou pedestal e tantos outros equipamentos que usamos nosso dia a dia.

O motor é formado por 2 bobinas, principal e auxiliar, e o capacitor tem a função de atrasar uma em relação a outra para conseguir empurrar (girar) o eixo. Com o tempo, este capacitor altera seu valor (normalmente diminui), e conforme este valor se altera, o motor vai perdendo “força”.

 

 

O próprio ventilador tem a função de se resfriar, por isso não trocar o capacitor pode pode levar o motor a superaquecer e queimar. Por isso a importância da substituição do capacitor de partida.

Alguns motores já tem junto a bobina um fusível térmico, para proteger seu motor.

Em aplicações remotas, ou automatizadas, por exemplo: bombas de água ou portão eletrônico, o ideal é que você faça o acompanhamento do valor do capacitor. Para isso utilizamos um capacimetro ou multímetros com a função de leitura de capacitância. A leitura deve está dentro da tolerância, normalmente é de 10%. Desta forma você pode agir preventivamente em seu motor e evitar que ele pare na hora mais inoportuna ou que danifique.

No imagem abaixo temos um capacitor de 3,5uf medindo 1,34uf.

Em nosso caso, nos não tínhamos um do mesmo valor 3,5 uF para substituir. Usamos um capacitor de 4 uF no lugar, e funcionou perfeitamente.
Lembrando que você pode usar um valor diferente, porem deve manter com um valor próximo, nunca abaixo do valor original e principalmente muito elevado.

Macete: Para conseguir chegar ao capacitor do ventilador, tive que desmontar a parte de cima praticamente toda. A rosca da hélice é rosca esquerda, ela afrouxa pro lado que aperta e vice versa. É feita desta forma, para o sentido de rotação do motor, mantenha a porca sempre apertada.

Nem todo defeito vai ser capacitor. Um bom multímetro vai te ajudar a medir os acionamentos e fios. Alguns defeitos são tão simples que nem pensamos neles.
Em seu movimento constante de bascular o conjunto motor, ao longo do tempo pode levar a quebra do fio, sujeira ao longo do tempo pode trancar o rolamento e travar o eixo.

Espero ter ajudado, caso tenha alguma duvida, ou se você puder agregar com sua experiência, deixe nos comentários.

Venâncio Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14  +    =  15